Em Cartaz

Desastre real é pretexto para ver um galã em seu auge

Jake Gyllenhaal poderia perfeitamente sobreviver em Hollywood protagonizando comédias românticas ou filmes de ação. Atributos físicos, carisma e tipo não lhe faltam

Desastre real é pretexto para ver um galã em seu auge

IstoE_Everest.jpg
Assista ao trailer
 

Jake Gyllenhaal poderia perfeitamente sobreviver em Hollywood protagonizando comédias românticas ou filmes de ação. Atributos físicos, carisma e tipo não lhe faltam. “Mas eu morreria de tédio”, diz o ator de 34 anos, cada vez mais atraído por personagens atormentados e obscuros que tiram a plateia do conforto. Em “Evereste”, ele encarna um alpinista competitivo que conduz grupo até o cume da montanha, sem se importar com o fato de talvez não conseguir voltar. O filme de Baltasar Kormákur revive um desastre real de 1996, quando duas expedições concorrentes foram atingidas por tempestade. Como se sabe o que aguarda os personagens no topo da montanha, o roteiro tenta decifrar por que muitos arriscam a vida tentando. “Eu quase perdi a orelha”, conta o ator, rindo, lembrando que rodou uma cena quase enterrado na neve. "Experiências viscerais no set fazem com que eu me sinta vivo."

CARTAZ-01-IE.jpg

+5 filmes com Jake Gyllenhaal

Donnie Darko
Aos 21 anos, ator chamou a atenção nesse filme sobre adolescente manipulado pela alucinação de um coelho

O Segredo de Brokeback Mountain
Vive o caubói gay (foto), que faz par romântico com Heath Ledger no longa de Ang Lee 

CARTAZ-02-IE.jpg

Os Suspeitos
Gyllenhaal faz o detetive que vacila na investigação do desaparecimento de duas meninas na Pensilvânia

O Abutre
Jornalista sórdido ganha a vida noticiando crimes, acidentes e histórias sensacionalistas

Nocaute
Boxeador tenta se reerguer após assassinato da mulher em filme que deve colocar o ator entre os indicados do próximo Oscar