Edição nº2472 28.04 Ver edições anteriores

Bye, bye, Brasil

Parcialmente destruído por uma explosão que matou nove trabalhadores e feriu 26, em fevereiro, no litoral capixaba, o navio-plataforma São Mateus está deixando o Brasil

Parcialmente destruído por uma explosão que matou nove trabalhadores e feriu 26, em fevereiro, no litoral capixaba, o navio-plataforma São Mateus está deixando o Brasil. Os reparos serão feitos na China, ao custo de milhões de dólares. Os diques-secos nacionais aptos a executar o trabalho – Atlântico Sul, da Queiroz Galvão e Camargo Corrêa, e Rio Grande, da Engevix – foram descartados pela BW Offshore, dona da unidade, por temores que remetem à Operação Lava Jato. O BNDES despejou pesadas somas nos dois estaleiros, que ficarão chupando dedo. 

Pic_Boechat.jpg

Arte
Alto do pódio

Passaram longe da arte contemporânea os melhores negócios fechado na SP Artes, que até o domingo 12 ocupou o Pavilhão da Bienal, na capital paulista. Na maior feira do gênero na América Latina, os recordes ficaram com quadros de Lygia Clark – vendido pela Galeria Bergamin a um estrangeiro por R$ 5,5 milhões – e Di Cavalcanti – negociado pela Pinakotheke para um brasileiro por R$ 3 milhões. O primeiro de 1959 é da série “Espaço modulado”. O outro, dos anos 60, um óleo de 2m x 2,40m, é repleto de alegorias típicas da obra do artista.

Boe_04.jpg

Boe_03.jpg

Caças
Nuvens cinzas

Uma das mais delicadas investigações da Procuradoria Geral da República terá uma mulher à frente: Eliane Pires Rocha. Ela coordenará a coleta de informações que poderá levar à instauração de inquérito sobre a compra de caças suecos Gripen pela FAB. Em um ano, o valor do contrato, de US$ 4,5 bilhão, aumentou 20%. A engorda favoreceu a empresa AEL, que fornecerá assessórios. Lá, trabalham três filhos de brigadeiros e ao menos um oficial que teve influência no resultado da concorrência. O bicho pode pegar…

Boe_02.jpg

STF
Só os cabeças

Caso o Senado o aprove, Luiz Fachin irá para a 1ª Turma. Nela terá a companhia de Marco Aurélio Mello, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso. No plenário poderá julgar os presidentes do Senado e da Câmara, Renan Calheiros (PMDB-AL) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na eventualidade de serem indiciados em crimes na Lava Jato. Mas sua turma não decidirá o destino e penas dos demais políticos denunciados.

Agricultura
Gatilho biológico

Técnicos do Brasil e da Argentina definirão em Brasília, na primeira semana de maio, a retomada das importações de maçã, pera e marmelo. O comércio parou no mês passado. O Brasil exigirá várias novas medidas para garantir que não venham mais pragas com as frutas. O uso de armadilhas para aprisionar insetos será obrigatório. Dessa vez os argentinos não ameaçam com retaliações. Talvez pelo peso do cliente – só de peras, 70% da produção deles vêm para cá, negócio de US$ 170 milhões anuais.

Brasil
Afinação da hora

As relações entre Dilma Rousseff e Joaquim Levy são melhores do que supõe a oposição. Os regulares cafés da manhã com a presidente chegaram a causar ciúmes em alguns ministros. A presidente sabe que sem o ajuste fiscal forte o governo dela tem futuro incerto. Na Fazenda, não há dúvida: a situação da economia é pior do que a herdada por Lula, em fins de 2002. Os recentes números da inflação e da cotação da moeda americana trouxeram alívio ao Planalto.

Boe_05.jpg

OEA
Movimento moleque

A Comissão de Direitos Humanos da OEA divulgará em breve os resultados da audiência sobre o assassinato de jovens negros em nosso País. O caso foi levado à Washington pela Associação Brasileira de Defesa da Criança e do Adolescente. Enquanto se debate aqui à redução da idade penal, na CIDH foi feito um Raio-X do sistema caótico de punição ao adolescente infrator, com sessões de isolamento, torturas e falta de alimentação adequada aos mais de 20 mil menores apreendidos.

Campo
Bons tempos

Apesar de o Brasil bater recorde de volume e receita com a exportação de café – os preços do produto estão acima do custo de produção por 15 meses consecutivos – algumas lideranças “tradicionais” fazem romaria em Brasília. A Federação de Agricultura de Minas Gerais, puxada pelo cafeicultor Breno Mesquita, pede a prorrogação de dívida dos produtores. Já o também cafeicultor e deputado federal Carlos Melles (DEM-MG), tenta relançar a cartilha de recomendações de política cafeeira elaborada em 2013, que ajudou a reverter os baixos preços do café à época.

OEA 1
Questão de cor

Ainda na OEA, o advogado Hamilton Borges, do Movimento Quilombo, falou dos mais de 11 mil menores assassinados no Brasil, nos últimos cinco anos. Segundo ele, os autos de resistência, criados na ditadura militar, são usados para justificar a morte de jovens negros com aval do poder público. “É comum o falso socorro. O mau policial finge prestar ajuda e altera a cena do crime”. Hamilton lembrou que faltam diligencias investigativas e a polícia busca quase sempre a criminalização da vítima – que tem a vida virada do avesso – em vez de se investigar a causa de sua morte. Representante do Brasil na audiência, Ronaldo Barros, da Secretaria de Igualdade Racial, declarou que Governo Federal entende que boa parte dos homicídios de negros se deve ao racismo.

Boe_06.jpg

Infraestrutura
Quem chega

Uma das líderes mundiais no mercado de defesa e segurança, a Morpho, do grupo francês Safran, decidiu atuar no setor aeroportuário brasileiro e traz na bagagem concorrência vencida na semana passada para fornecer o sistema de detecção de explosivos para o Aeroporto de Heathrow, em Londres. Lá serão entregues 45 CTX 9800 DSi, com capacidade para escanear mil bagagens por hora. Aqui, os escritórios e instalações ficarão no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Legislativo
Ritmo de festa

De fevereiro até quinta-feira 16, na Câmara dos Deputados foram apresentados 1.174 projetos de lei ordinária (não mudam a Constituição).
O volume não é sinônimo de qualidade e nem que os parlamentares trabalharão mais para votá-los. O estoque na Casa é tão grande que
o PL 1326, sobre a duração da jornada de trabalho, por exemplo, que Jorge Arbache (PA) propôs em 1988, desde 23 de maio de 1994 parou na Secretaria da Mesa da Câmara.

Lazer
Intercâmbio puro

Será a caráter a posse de Leonardo Valentim dia 1º de maio, na presidência da Associação Naturista de Abricó – praia na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma das oito no Brasil dedicada a prática do nudismo. De cara ele quer elevar a receita da entidade – dos 820 associados só 53 votaram na semana passada, quites com mensalidades de R$ 30,00 ou R$ 40,00 (casal) . Com mais dinheiro cuida-se melhor dos 250m da praia e sairá do papel o projeto da “Natu Olimpíadas”, reunindo estrangeiros adeptos ao nudismo e que virão ao Brasil para a Rio-2016. 

Boe_07.jpg

Fotos: Peter Liander/Saab; Pedro Ribeiro; ED FERREIRA/ESTADãO; Erik Salles/Ag. A TARDE 


Mais posts

Ver mais

Recomendadas