A semana

O perigo do “açúcar oculto”

O açúcar que não se vê, mas que está presente na composição de diversos alimentos, é o novo alvo da OMS – e, segundo ela, um dos mais importantes na prevenção da obesidade e do diabetes. Seguindo essa nova estratégia de saúde pública, especialistas de diversos países
assumiram na quarta-feira 4 uma nova diretriz: adultos, jovens e crianças não devem ingerir mais que 50 gramas do chamado “açúcar oculto” – uma colher de sopa de ketchup, por exemplo, tem quatro gramas; uma lata de refrigerante pode chegar a conter 40 gramas.