A semana

Vale abriga Gushiken

Embora seja um dos 40 indiciados pelo Supremo, o ex-ministro Luiz Gushiken acaba de ser contratado como consultor da Vale do Rio Doce. É fácil entender a razão. Ele foi indicado por um afilhado político, Sérgio Rosa, presidente da Previ, fundo de pensão do Banco do Brasil. A Previ é acionista e dá as cartas na mineradora. Gushiken está despachando nos Jardins, São Paulo, no escritório do publicitário Luiz Salles, que por sinal já é consultor de imagem da Vale. A primeira missão do ex-ministro foi percorrer os sindicatos ligados ao PT e à CUT para tentar demovê-los da idéia de participar do movimento pela reestatização da Vale, que fez mal às ações da companhia.