A semana

Suíça cita Maluf em campanha contra corrupção

Suíça cita Maluf em campanha contra corrupção

Não foram agradáveis os últimos dias do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Apesar de ele ter comemorado na quarta-feira 3 os seus 83 anos de idade em muito boa forma física, os presentes que recebeu em nada o alegraram. Primeiro, a Justiça Eleitoral barrou a sua candidatura com base na Lei da Ficha Limpa. Depois, a Transparência Internacional, ao lançar uma campanha na Suíça contra a corrupção, deu ao político brasileiro a carinhosa alcunha de “Mr. Kickback” (em português, “Sr. Propina”). A campanha acusa Maluf de ter recebido US$ 344 milhões em propina durante os anos nos quais foi prefeito de São Paulo na década de 1990. Nada parece abalar, no entanto, o seu característico bom humor. Sobre a homenagem, declarou: “De uma certa maneira fico envaidecido de estar incomodando uma ONG na Europa. Fico feliz que o meu trabalho dê coceira em pessoas que moram lá”.