Seu bolso

Mercado de trabalho para aposentados

Pesquisa aponta que 49% dos aposentados continuam a trabalhar. Aumento de gastos com alimentação, moradia e saúde está entre as necessidades de complementar a renda

Mercado de trabalho para aposentados

Pesquisa feita pela consultoria Mercer com 1,5 mil aposentados que contribuíram com previdência complementar indica que quase 49% deles continuam a trabalhar após a aposentadoria. O estudo mostrou ainda que os gastos após os 60 anos aumentam: 63% dos entrevistados passaram a ter suas despesas iguais ou maiores, principalmente com habitação, alimentação e saúde. A boa notícia é que o mercado de trabalho parece disposto a contratar esses profissionais – mas não conforme as expectativas da maioria deles.

“As empresas têm dificuldades em encontrar mão de obra qualificada e experiente, mas o profissional tem de estar disposto a receber um pouco menos do que estava acostumado”, diz Carolina Mazza Wanderley, coordenadora de planejamento financeiro e preparação para aposentadoria da Mercer. Um dos benefícios levados em consideração pelas empresas ao contratar pessoas acima de 60 anos é a maior estabilidade desses profissionais. “A famosa geração Y quer ascender rapidamente. Já o profissional mais velho não tende a mudar tanto de emprego”, diz Fernanda Diez, gerente de relacionamento do sistema vagas.com.br, que administra em torno de 85 milhões de currículos. Confira abaixo mais dicas para ingressar no mercado de trabalho após os 60 anos. 

IEpag94e95Bolso-1.jpg

IEpag94e95Bolso-2.jpg