A semana

O país padece entre a Rússia e a União Europeia

O país padece entre a Rússia e a União Europeia

Milhares de pessoas na Ucrânia foram às ruas na semana passada exigindo a renúncia do presidente Viktor Yanukovytch. Motivo: ele desistiu de assinar com a União Europeia um acordo de livre comércio e associação, primeiro passo para que o país se torne algum dia membro efetivo da comunidade. Os ucranianos viram no gesto de Yanukovytch uma capitulação diante das pressões do presidente da Rússia, Vladimir Putin, que prefere ver o país associado à comunidade econômica das ex-repúblicas soviéticas. Alguns líderes europeus, como a chanceler alemã Angela Merkel, pediram reiteradas vezes que fosse evitada a violência. Em vão. Tanto manifestantes quanto o aparato repressivo do governo radicalizaram.