Gente

Supermulher, não

Pouco antes desta entrevista, Eliana voltava de uma reunião de pais na escola do filho Arthur, de 2 anos

Supermulher, não

GENTE-ABRE-IE.jpg

Pouco antes desta entrevista, Eliana voltava de uma reunião de pais na escola do filho Arthur, de 2 anos. “Reservo as manhãs para ele”, diz a apresentadora, que acaba de fazer 40 anos – e 25 de carreira . “É uma data bonita. Sou realizada, estabilizada emocionalmente e financeiramente. Minha vida se renovou com meu filho.” Ela conta que Arthur é fã de Jackson 5. Casada com João Marcelo Bôscoli, não descuida do trabalho. Eliana celebra os 40 com um ensaio de moda de Bob Wolfenson e edição de moda de Luis Fiod para seu portal. “Quero levar as tendências para meu público no SBT e no meu portal DaquiDali. Em um ano atingiu quatro milhões de views!”, diz.

ISTOÉ – O que mudou aos 40?
Eliana –
O bom é a maturidade. Prorroguei a chegada do Arthur.Queria ter estabilidade. Hoje, organizo meu tempo e tenho as duas coisas essenciais para criá-lo: amor e atenção.

Sem crise de idade?
Não. Os 40 de hoje são os 30 de antes. Prezo minha saúde e meu bem-estar. Deixei de me cobrar tanto. Não dá para ser supermulher.

Como faz para manter o corpo em dia?
Faço musculação, aeróbica e dança três vezes por semana. E o Arthur dança junto, é meu companheiro de academia. Adora ritmos, em especial os Jackson 5.

E os planos para 2014?
Saúde. E continuar no ar por muitos domingos. É uma conquista estar lá.