Edição nº2487 11.08 Ver edições anteriores

Supermulher, não

Pouco antes desta entrevista, Eliana voltava de uma reunião de pais na escola do filho Arthur, de 2 anos

Supermulher, não

GENTE-ABRE-IE.jpg

 Pouco antes desta entrevista, Eliana voltava de uma reunião de pais na escola do filho Arthur, de 2 anos. “Reservo as manhãs para ele”, diz a apresentadora, que acaba de fazer 40 anos – e 25 de carreira . “É uma data bonita. Sou realizada, estabilizada emocionalmente e financeiramente. Minha vida se renovou com meu filho.” Ela conta que Arthur é fã de Jackson 5. Casada com João Marcelo Bôscoli, não descuida do trabalho. Eliana celebra os 40 com um ensaio de moda de Bob Wolfenson e edição de moda de Luis Fiod para seu portal. “Quero levar as tendências para meu público no SBT e no meu portal DaquiDali. Em um ano atingiu quatro milhões de views!”, diz.

ISTOÉ – O que mudou aos 40?
Eliana –
O bom é a maturidade. Prorroguei a chegada do Arthur.Queria ter estabilidade. Hoje, organizo meu tempo e tenho as duas coisas essenciais para criá-lo: amor e atenção.

Sem crise de idade?
Não. Os 40 de hoje são os 30 de antes. Prezo minha saúde e meu bem-estar. Deixei de me cobrar tanto. Não dá para ser supermulher.

Como faz para manter o corpo em dia?
Faço musculação, aeróbica e dança três vezes por semana. E o Arthur dança junto, é meu companheiro de academia. Adora ritmos, em especial os Jackson 5.

E os planos para 2014?
Saúde. E continuar no ar por muitos domingos. É uma conquista estar lá.

De malas prontas
Gloria Pires, Orlando Morais e os filhos Antonia, Ana e Bento não estarão no País quando os indicados ao Oscar 2014 forem anunciados em 16 de janeiro. A atriz, que pode ser indicada como melhor atriz coadjuvante no filme “Flores Raras”, embarca com a família para Paris. Fica dez dias para o lançamento do primeiro álbum do Riviere Noire, trio formado por Orlando, o baixista francês Jean Lamoot e o guitarrista guadalupense Pascal Danae. “Lançamos dia 20 e abrimos o Festival de Alhambra, maior da França”, conta Orlando.

Balas
Com Marina e artistas no Rio
O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, quer usar o cenário do verão carioca em janeiro para inaugurar a dobradinha com Marina Silva num encontro com artistas. Com Gil? Caetano? “Suspense.” A liderança de sua possível vice nas pesquisas não o aflige: “Hoje Marina é mais conhecida. Já tenho tudo organizado com ela. Teremos encontros em capitais. Depois ela descansa nas festas”.

Lewandowski entrevista Felipão
O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, exercitou sua veia de repórter com Felipão no Prêmio Brasileiros do Ano. Numa roda com jornalistas, perguntou se o técnico da Seleção acreditava que os protestos trariam problemas em torno dos estádios durante a Copa. “Não! Aí vira um problema internacional”, respondeu Felipão. Sobre mensalão, nenhuma palavra de Lewandoswski: “Hoje falo de tudo, menos sobre aquela coisa que começa com M”.  

Melhor amigo

GENTE-04-IE.jpg

 Eva Mendes e Ryan Gosling não estão mais juntos. Segundo a imprensa americana, a atriz acabou o namoro com o ator por achar que ele anda muito próximo da ex-namorada, a atriz Rachel McAdams. Solteira, Eva tem dedicado mais horas ao melhor amigo, seu cão de estimação Hugò. O pastor belga também estrela ao lado da dona a campanha Primavera/Verão 2014 da marca de óculos Vogue Eyewear. “Foi divertido, uma ocasião especial, pois pude levar comigo o meu cão, Hugò, que faz parte da minha vida”, diz ela. Eva, que é embaixatriz da marca, posou para as lentes de Mario Testino, em Milão, na Itália.

Que dupla!

GENTE-02-IE.jpg

 O rei dos áureos tempos da noite carioca e o eterno mago da tevê se uniram em torno de dois prazeres: comer e beber. No livro “Boni & Amaral – Guia dos Guias”, José Bonifácio de Oliveira e Ricardo Amaral dão dicas dos points mais desejados do mundo, de Saint Tropez à Escandinávia. Contam histórias ­sobre gran chefs amigos, como Ferran Adriá, Paul Bocuse, Alain Senderens, entre outros. Tudo com muito sabor.

Em paz, bicho

GENTE-A-IE.jpg

 Após a polêmica das biografias, Roberto Carlos perdoou Caetano Veloso. Quem diz é seu empresário Dody Sirena: “É uma amizade antiga. Roberto ficou muito sensibilizado depois que Caetano pediu perdão público”. Mas não houve reencontro. Caetano ironizara o Rei na coluna no jornal “O Globo”.
***
Uma proposta da Globo para uma minissérie sobre a vida de Roberto Carlos aconteceu ano passado, segundo Dody. “Eles ofereceram milhões, mas Roberto não quis. Agora, ele próprio anunciou que fará a trilogia. Vai lançar biografia, depois vem o cinema e aí uma minissérie na tevê”.
***
O Rei ainda se dedica ao álbum em espanhol “Este Tipo Soy Yo” e colhe frutos do disco de remixes que sai com meio milhão de cópias. Dará um break para o Réveillon em família, em Miami, Estados Unidos. “Ele está todo feliz com seu apartamento lá”, completa o empresário.

Leandra no país dos travestis

GENTE-05-IE-2299.jpg

 Na foto, Leandra Leal aparece entre Rogéria e sete divas no Teatro Rival, no Rio, nos ensaios do show que será fio condutor do filme “Divinas Divas”. Na sua porção cineasta, Leandra contará a história dos primeiros artistas travestis no País. “Este teatro abrigou homens vestidos de mulher nos anos 60, iniciativa do meu avô Américo Leal, que o dirigia. Conheço as Divinas Divas desde criança”, diz. O filme estreia em 2014, ano em que Rogéria, Jane Di Castro, Waléria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios fazem 50 anos de carreira. “Artista completar 50 anos em atividade como travesti é extraordinário.”

fotos: Bob Wolfenson (Eliana); RODRIGO TREVISAN/AG.ISTOé (GLORIA PIRES E ORLANDO MORAIS);
Ana Cecilia Acioli / AG. ISTOé (Roberto Carlos); divulgação (Eva Mendes); divulgação (Leandra Leal)


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.