A semana

Sobrou até para Francisco

Nem o papa Francisco escapou da espionagem americana. Segundo a revista italiana “Panorama”, a Agência de Segurança Nacional dos EUA monitorou telefonemas dentro do Vaticano. A denúncia é baseada em documentos divulgados pelo ex-analista da CIA Edward Snowden – a NSA teria bisbilhotado na Itália 46 milhões de telefonemas e o papa Francisco pode ter sido alvo.