Gente

O adeus de Marc Jacobs

Nem cores nem estampas. A notícia que abalou Paris durante a semana de moda foi o fim da era Marc Jacobs na Louis Vuitton

O adeus de Marc Jacobs

4.jpg

Nem cores nem estampas. A notícia que abalou Paris durante a semana de moda foi o fim da era Marc Jacobs na Louis Vuitton. O estilista assinava a direção criativa da marca desde 1997. O desfile lindo e sombrio de Jacobs, na quarta-feira 2, foi uma prévia do anúncio que viria em seguida. Na sequência, a despedida oficial, começando com um “Para Robert Duffy (sócio de Jacobs) e Bernard Arnault (CEO da LVMH, conglomerado da Louis Vuitton) todo o meu amor, sempre”. Triste, abatido e exausto – já que passara a noite em claro para finalizar o desfile –, o estilista foi acarinhado pelos amigos no backstage. O ex-namorado Lorenzo Martone e o atual, Harry Louis, o acompanharam na saída. Não houve festa de despedida. Na fila A, estavam a princesa Charlene de Mônaco e a cineasta Sophia Coppola. O estilista vai cuidar de suas grifes que também fazem parte do grupo LVMH. Julie de Libran, seu braço direito, tocará a criação até que a marca anuncie o substituto. Nicolas Ghesquière, ex-Balenciaga, é o nome mais especulado por ora.

GENTE-02-IE-2290.jpg