Seu bolso

Para financiar a reforma da casa

Depois de realizado o sonho do imóvel próprio, os proprietários querem deixá-lo do jeito que sempre imaginaram. Para isso, os bancos dão um empurrãozinho

Para financiar a reforma da casa

chamada.jpg

O barulho incomoda vizinhos e muitas vezes os próprios donos da casa têm que deixá-la para ser ocupada por pedreiros, marceneiros e engenheiros ávidos por transformar o local num imóvel totalmente novo. Reformar a casa periodicamente é desejável para quem quer mantê-la valorizada, e necessário para os imóveis mais antigos. Como o investimento é alto, recorrer ao financiamento pode ser uma alternativa interessante. Na linha BB Crediário, que existe há menos de um ano e oferece crédito para serviços e materiais relacionados à construção, reforma ou ampliação de imóveis, R$ 850 milhões já foram emprestados. “O financiamento dá um poder de negociação muito grande para o cliente, porque, para o lojista, o pagamento é como se fosse de uma compra à vista”, afirma Edmar Casalatina, diretor de empréstimos e financiamentos do Banco do Brasil. Em algumas modalidades é possível comprar de tijolos a azulejos, piscinas de fibra e armários planejados e até contratar serviços de arquitetura e carpintaria. ISTOÉ levantou as opções disponíveis no mercado para todos os bolsos.

01.jpg

02.jpg

03.jpg

04.jpg

05.jpg