Em Cartaz

África contemporânea

Uma África longe dos estereótipos folclóricos é o que se vê na exposição "Transit _SP" (Oca, São Paulo, até 15/9)

África contemporânea

CARATAZ-06-IE.jpg

Uma África longe dos estereótipos folclóricos é o que se vê na exposição “Transit _SP” (Oca, São Paulo, até 15/9). Foram selecionadas 35 obras de 19 artistas do Mali, África do Sul, Camarões, Angola, Quênia, Marrocos e Nigéria, a maioria com reconhecimento internacional. É o caso do angolano Edson Chagas, premiado com o Leão de Ouro na Bienal de Veneza, que critica o consumismo na série de fotos “Oikonomos”. Radicado na Inglaterra, o nigeriano Ynka Shonibare comenta as lutas coloniais por meio de manequins sem cabeças.