Gente

Atração principal

Por duas noites, na semana passada, Jô Soares, 57 anos, saiu de trás da mesa de estrevistador, no SBT, e foi divertir-se com o sexteto Onze e Meia em outro palco.

Eles tocaram numa casa noturna paulista, a Bourbon Street, com um repertório elástico. Abrigava de clássicos do jazz a Tico-tico no fubá. O anfitrião mais prestigiado das noites da tevê mostrou, mais uma vez, que também gosta de ser a estrela do espetáculo. Temperou seu desempenho no trompete e no bongô com citações inesperadas – como as notas da Marselhesa no meio de um blues. Ofereceu à platéia, além da música, o instrumento que mais domina, o humor.