A semana

Barbárie medieval

A Defensoria Pública de São Paulo entrou com ação na Justiça contra uma situação que remete à barbárie medieval. Em penitenciárias femininas administradas pelo governo de São Paulo, as presas estão há meses sem receber absorventes. Algumas chegam a usar pedaços de pão para manter um mínimo de higiene. E mais: cada detenta recebe um rolo de papel higiênico a cada três meses.