A semana

De olho no homem de óculos

De olho no homem de óculos

US$ 18,7 bilhões passeavam de metrô por Nova York sem o menor esquema de segurança e vestidos como o mais comum dos americanos: jeans, jaqueta e gorro. US$ 18,7 bilhões usavam óculos. E eram justamente os óculos que distinguiam no metrô o dono dos US$ 18,7 bilhões (24ª maior fortuna pessoal do mundo). Seu nome: Sergey Brin. Função? Fundador do Google. Quanto aos óculos que Brin ostentava, trata-se do Google Glass, um dos mais aguardados lançamentos na área da tecnologia: ele projeta, no campo de visão, dados sobre temperatura, hora e mapas, faz ligações telefônicas e check-in e envia mensagens de texto. Só estarão à venda no mês que vem, ao preço de US$ 1,5 mil.