A semana

Imóveis são um santo investimento

Imóveis são um santo investimento

Mais um escândalo financeiro envolveu o Vaticano na semana passada. Os principais jornais em todo o mundo noticiaram que o edifício da refinada joalheria Bulgari e a sede do banco de investimento Altium Capital, ambos em Londres, integram um secreto império de imóveis comerciais pertencentes à Santa Sé. Ao longo de décadas e valendo-se de disfarces através de paraísos fiscais, o Vaticano expandiu seus investimentos em imóveis – a origem desses bens está em 1929 quando o ditador Benito Mussolini despejou uma dinheirama na Igreja em troca de apoio ao regime fascista. Estima-se hoje que essa fortuna esteja na casa dos 500 milhões de libras. O Vaticano também é dono de diversos edifícios na França e na Suíça.