A semana

Causa gay na passarela da Chanel

Causa gay na passarela da Chanel

A grife Chanel é uma da principais e mais discretas protagonistas da história da moda na França. Expôs-se à crítica de boa parte da população do país, que é contrária ao casamento gay, ao defendê-lo publicamente em seu desfile de alta-costura no Grand Palais e em meio a uma floresta romântica e de explosão de cores e texturas, duas modelos chamaram a atenção: vestidas de noivas elas desfilaram de mãos dadas e levando o pequeno Hudson, afilhado do estilista da grife Karl Lagerfeld. “Não entendo esse debate. Desde 1904 o Estado é laico na França”, disse Lagerfeld.