A semana

Menos visitantes na Capela Sistina

Menos visitantes na Capela Sistina

Os afrescos de Michelangelo no teto da Capela Sistina completaram cinco séculos na semana passada. Isso no momento em que se cogita limitar drasticamente o número de visitantes à capela. Ao jornal italiano “La Repubblica”, o diretor dos museus do vaticano, Antonio Paolluci, afirmou que o enorme fluxo de pessoas (cinco milhões de visitantes por ano) está colocando em risco a integridade dos afrescos. Disse também que a situação vem se agravando por conta do atraso na reforma do sistema de ventilação da capela.