Edição nº2488 18.08 Ver edições anteriores

Nova estratégia

Com cerca de 800 processos na pauta, o STF acaba de mudar uma norma interna para acelerar o julgamento

das ações

Justiça
Nova estratégia

BOE-01-IE-2243.jpg

Com cerca de 800 processos na pauta, o STF acaba de mudar uma norma interna para acelerar o julgamento das ações. Agora, quem acompanhar o parecer do relator não precisará ler o voto nas sessões – sugestão do ministro Marco Aurélio Mello. A produtividade do órgão em 2012 está menor do que a de anos anteriores. No primeiro semestre, o Pleno do STF só se reuniu oito vezes.

STF
Não gostou

O Cerimonial do Planalto mantém ainda silêncio se a presidenta da República, Dilma Rousseff, irá à posse de Joaquim Barbosa na chefia do STF, no dia 22 de novembro. Na abertura do Ano Judiciário, em fevereiro, o vice, Michel Temer, representou o Executivo. A presidenta quer boas relações com os outros poderes. Mas se irritou ao ter o nome citado no relatório do mensalão. Barbosa afirmou que Dilma ficou surpresa com a rapidez com que o Congresso votou a política nacional para o setor elétrico. Ela era ministra de Minas e Energia quando as denúncias do mensalão vieram a público.

Reciclagem
Nobre destino

Para orientar o consumidor na hora de jogar o lixo fora e ajudar a indústria da reciclagem no País, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) discute colocar dois símbolos nas embalagens dos produtos: um indicando se a mesma é reaproveitável e outro com a matéria-prima da qual é feita. A iniciativa está em consulta pública no site da associação até 17 de dezembro. ONGs ligadas ao meio ambiente aplaudem a ideia.

Espiritualidade
Cruzada no Exterior

BOE-02-IE-2243.jpg

Famoso por suas cirurgias espirituais, inclusive em Lula, o médium João de Deus, 70 anos, viaja no dia 22 de novembro para a Europa, onde dará palestras e consultas. Sua primeira escala será na Áustria, onde ficará por três dias. De lá, ele irá à Alemanha, país de onde vêm muitos pacientes para se submeter a seu tratamento, na Casa de Dom Inácio, em Abadiânia, Goiás.

Sindicatos
Novo líder

O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) vai se dedicar mais à política partidária em 2013. No início do ano, deixará o comando da Força Sindical, da qual foi um dos fundadores, nos anos 90. Irá sucedê-lo o metalúrgico Miguel Torres, hoje na vice-presidência.

Educação Física
Fase boa

BOE-03-IE-2243.jpg

Prefeito eleito de Salvador, ACM Neto festeja dentro e fora da política. Nas próximas semanas abre na capital baiana uma filial da Bodytech, uma das maiores redes de academia de ginástica do País. O deputado é sócio do negócio junto com o ex-tenista Guga, o técnico Bernardinho e o banco BTG Pactual. Em 2015, a empresa deve lançar ações na bolsa.

Judiciário
Linhas cruzadas

BOE-04-IE-2243.jpg

Caminhará em direções opostas o Judiciário a partir da segunda-feira 5. Número 1 do STF e do CNJ, o ministro Carlos Ayres Britto reunirá por dois dias em Maceió os presidentes dos tribunais superiores e estaduais para definir o planejamento estratégico de 2013. A ministra Cármen Lúcia, presidenta do TSE, fez uso de suas prerrogativas e convocou para Brasília, no mesmo período, os dirigentes dos Tribunais Regionais Eleitorais. E não quer ninguém ausente. O convite de Britto foi feito há meses.

Mercado
Casa equipada

BOE-05-IE-2243.jpg

Uma pesquisa da Nielsen acaba de indicar céu azul para a indústria de eletrodomésticos no País. Num universo formado por 43 milhões de domicílios, só 24% tinham o conjunto completo de tevê, geladeira, fogão, microondas e lavadora de roupa. Segundo o coordenador do estudo, Jefferson Silva,  há ainda milhões de lares que planejam trocar ou adquirir um bem de consumo durável, dentre os 17 pesquisados nos próximos seis meses.

Aviação Civil
“Help me, please!”

Um dos mais movimentados do País, o aeroporto de Brasília é internacional só no nome. As trocas dos locais para embarque e desembarque são constantes – e avisadas em português. Resultado: estrangeiros perdidos no terminal e pedindo tradução aos brasileiros, em vários idiomas. Imagine na Copa.

Seguros
Contra golpes

A partir de novembro, as seguradoras passam a contar com uma ferramenta no auxílio à detecção de fraudes na hora de se fazer um seguro. Trata-se do Registro Nacional de Propostas e Apólices (RNPA Pessoas), uma base de dados sobre apólices contratadas desenvolvido pela Confederação das Seguradoras em parceria com o mercado.

Lei Seca
Lá e cá

A Colômbia vai fiscalizar quem bebe e dirige. O Instituto de Metrologia daquele país comprou no Brasil unidades do Material de Referência Certificado (MRC), utilizado para calibrar etilômetros. Graças à Lei Seca, o Inmetro vendeu 500 MRCs este ano. Na Colômbia o limite para concentração de etanol no sangue também será zero.

STJ
Segue a vice

Na segunda-feira 5, Eliana Calmon assumirá a vice-presidência temporária do STJ. Nos últimos dias o decano do tribunal, Ari Pargendler, nada disse sobre a decisão da corte especial, que escolheu a ministra para o lugar do seu colega Gilson Dipp, doente. A direção do tribunal diz ter agido em sintonia com o artigo 51 do Regimento Interno. Em direito e na interpretação das normas, tudo é possível.

Educação
Só depois

Foram apresentadas 81 emendas ao projeto que cria o Instituto Nacional de Supervisão e Avaliação da Educação Superior, vinculado ao MEC, com 550 cargos públicos e custo anual da ordem de R$ 50 milhões aos cofres públicos. Apesar do afogadilho e pressão do governo para abertura do INSAEs, o Legislativo não discutirá a matéria este ano.

TV
Em forma

BOE-06-IE-2243.jpg

Operada em julho para substituir a válvula aórtica, Claudia Jimenez é um exemplo de superação. A atriz de 53 anos já voltou a fazer ginástica com a supervisão de um cardiologista, além de procurar uma peça para encenar no ano que vem. Também está nos planos da artista voltar à tevê em 2013.

Fotos: Adriano Machado / AG. ISTOÉ; Raul Spinassé/ Ag. A TARDE; Joédson Alves / ag IstoÉ; João Miguel Júnior


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.