A semana

A menina que superou Einstein

A menina que superou Einstein

Depois da escola, a estudante britânica Olivia Manning, de apenas 12 anos, tem o hábito de se juntar a outros colegas em um clube de resolução de problemas de matemática – um passatempo intrigante, considerando que a maioria das meninas de sua idade prefere brincar ou passear. Mas Olivia não faz parte da maioria. Na semana passada, ela descobriu que pertence à diminuta parcela de 1% da população mundial que possui um coeficiente extraordinário de inteligência – exatamente 162 pontos, dois a mais que os obtidos pelo consagrado físico alemão Albert Einstein. A excepcional pontuação fez com que Olivia fosse imediatamente aceita na Mensa, uma sociedade internacional que reúne as mentes mais brilhantes do mundo. A jovem estudante de Liverpool terá de lidar agora com um problema mais complexo: o assédio dos colegas. “Aumentou o número de amigos que me pedem ajuda com a lição de casa.”