Em Cartaz

Voo sobre o Rio

Vistas panorâmicas são feitas geralmente em enquadramentos horizontais, segundo as regras da perspectiva tradicional

Voo sobre o Rio

CARTAZ-06-IE.jpg

Vistas panorâmicas são feitas geralmente em enquadramentos horizontais, segundo as regras da perspectiva tradicional. Nas 19 imagens do livro “Entre Morros” (Cosac Naify), a fotógrafa carioca Claudia Jaguaribe usa, em sua maioria, o formato vertical que possibilita escalonar os muitos planos da paisagem do Rio de Janeiro. Feitas de helicóptero e de mototáxis e manipuladas em colagens digitais, as fotos revelam ângulos inusuais fundindo floresta, morro, asfalto e oceano. Além de remeter à representação da Baía de ­Guanabara feita por Marc Ferrez e Georges Leuzinger, elas mostram como a cidade se organizou nas últimas décadas.