A semana

Gripe faz mais vítimas fatais

O Ministério da Saúde se diz preocupado e com razão: nos primeiros seis meses deste ano o Brasil apresenta um número maior de vítimas fatais acometidas pelo vírus da gripe H1N1 em comparação a todo o ano passado. Entre janeiro e junho 51 pessoas morreram. Ao longo de 2011, registraram-se 27 mortes. Também na semana passada a conceituada revista científica “The Lancet Infectious Diseases” revelou que o número de falecimentos em todo o mundo em decorrência da pandemia da gripe aviária (H5N1) foi subestimado em 2009. A OMS sempre declarou cerca de 18,5 mil mortes. Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Enfermidades de Atlanta, contabilizaram-se nada menos que 575.400 vítimas fatais.