A semana

O zigue-zague de Campos

O zigue-zague de Campos

Não é segredo que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, apontou sua mira para a sucessão de 2014. Falta muito chão até lá, mas ele pode concorrer à Presidência da República pelo PSB. Como o objetivo é ambicioso, Campos faz lances ousados nas eleições municipais deste ano. Deu apoio de primeira hora à deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) em Porto Alegre e, a pedido de Lula, respaldou o nome de Fernando Haddad em São Paulo. No Recife, porém, deu as costas à intervenção da cúpula do PT e lançou candidato próprio. Em Fortaleza, também apostou num socialista. A cúpula petista está perplexa com os movimentos do neto de Arraes.