Em Cartaz

O Fausto russo

A "tetralogia do poder", que o cineasta russo Alexander Sokurov dedicou a figuras sufocadas pela ambição, chega ao fim com "Fausto" (estreia na sexta-feira 29)

O Fausto russo

Assista ao trailer:

Fausto_255.jpg

 

CARTAZ-01-IE.jpg

A “tetralogia do poder”, que o cineasta russo Alexander Sokurov dedicou a figuras sufocadas pela ambição, chega ao fim com “Fausto” (estreia na sexta-feira 29). A série começou com “Moloch”, sobre o ditador alemão Adolf Hitler, e prosseguiu com “Taurus”, retrato do líder russo Josef Stalin, e “O Sol”, centrado no imperador japonês Hiroito. Inspirado no clássico de Johann Wolfgang von Goethe, o novo filme mostra em clima claustrofóbico a trajetória do professor Faustus (Johannes Zeiler), que faz um pacto com o demônio em troca de conhecimento. A pintura flamenca e alemã norteia o estupendo visual, com fotografia do francês Bruno Delbonnel, e a direção de arte reserva a Mefistófeles (Anton Adasinsky) uma aparência decrépita, dominada por deformidades físicas. Vencedor do Festival de Veneza.

+5 filmes de Alexander Sokurov

CARTAZ-03-IE.jpg

A Arca Russa (FOTO)
Filmado em um plano-sequência no museu Hermitage, em Moscou, sintetiza 300 anos de história 

A Voz Solitária do Homem
Passado nos anos 1920, conta a história de um homem que não se adapta ao socialismo. Baseado na obra do escritor  Andrej Platonov

Mãe e Filho
A relação de amor entre uma mulher idosa, à beira da morte, e seu filho adulto em um vilarejo isolado

O Segundo Círculo
Jovem cuida do enterro do pai e enfrenta a burocracia do ritual numa sociedade que ignora a espiritualidade

Dias de Eclipse
Um médico moscovita viaja a uma região remota e sofre com o calor e acontecimentos estranhos