A semana

Jobs versus Lênin

Mais de 20 anos após a queda do muro de Berlim, Stálin, Kirov e Lênin ainda povoam as ex-repúblicas soviéticas: nas ruas, praças e nos edifícios públicos quase sempre há espaço para evocar os antigos líderes comunistas. Se depender de uma escola técnica búlgara, no entanto, isso está a ponto de mudar de maneira, digamos, quase revolucionária. Seus diretores decidiram substituir o nome Vladimir Ilitch Lênin e quem encabeça a lista de opções levantadas pelos alunos é o americaníssimo Steve Jobs, fundador da Apple. Ele parece superar até o físico John Vincent Atanadoff, filho de búlgaros e inventor do primeiro computador eletrônico digital em 1939. Na Praça Vermelha, alguém se revira no túmulo.