Seu bolso

Chegou a hora de planejar as férias

No fim de ano muitas famílias começam a organizar a viagem de lazer. Descubra como não transformar a diversão em transtornos financeiros

Chegou a hora de planejar as férias

A recomendação dos especialistas é unânime. A programação das férias deve ser definida com muitos meses de antecedência. Segundo o vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem, Edmar Bull, quem compra antes consegue descontos de 80% nas viagens domésticas e de 60% nas internacionais. “O setor obedece à lei da oferta e da procura: quanto maior a demanda, mais caro fica.” Além da possibilidade de desfrutar de preços promocionais, o planejamento das despesas permite que se gaste apenas o que foi reservado para a viagem, evitando o descontrole financeiro. “A transição de um ano para outro traz uma série de gastos extras”, diz Reinaldo Domingos, presidente do Instituto de Educação Financeira Dsop. “As férias não podem entrar nessa conta.” Segundo ele, é preciso saber quanto dinheiro é necessário para o projeto e quanto tempo se tem pela frente para arrecadar a quantia. “É bom reservar 30% além do planejado para cobrir contratempos”, diz Domingos. 

chamada.jpg

img.jpg

img1.jpg