A semana

Para baratear, Ryanair corta banheiros de aviões

Para baratear, Ryanair corta banheiros de aviões

Esqueça o espaço mínimo entre as poltronas dos aviões, a qualidade do serviço de bordo ou a limitação de bagagem: daqui para a frente, o grande desconforto para os passageiros da companhia europeia Ryanair vai ser a falta de toaletes. Empenhada em encontrar formas inusitadas de baratear ainda mais as passagens, a empresa decidiu cortar dois dos três banheiros de suas aeronaves. A economia para o viajante será de 5% e cada avião poderá levar mais seis pessoas. Já que nenhuma lei impede a adaptação, agora só falta que a fabricante Boeing aprove a mudança.