Gente

“Não misturo as estações”

Aos 40 anos recém-completados no dia 3, Luciano Huck ganhará um novo presente

“Não misturo as estações”

GENTE_06_IE-2183.jpg

Aos 40 anos recém-completados no dia 3, Luciano Huck ganhará um novo presente.
Ele será homenageado pela ONG Brazil Foundation no dia 19, em um jantar de gala na Biblioteca Pública de Nova York, por sua contribuição social à frente do Instituto Criar. Feliz da vida, ele falou à coluna sobre a iniciativa que forma jovens profissionais no setor de audiovisual e garante que não usa a fama como apresentador de tevê para beneficiar o projeto.

Com uma agenda de trabalho apertada como a sua, ainda consegue se envolver diretamente nas questões da ONG?
Sou o presidente, mas no dia a dia ela é muito bem gerida por um executivo do Terceiro Setor e por educadores.
O Criar é uma ferramenta do mercado de trabalho, não uma “ONG do Huck”.

Qual a maior dificuldade enfrentada por projetos como o Criar?
Sem dúvida a captação de recursos.

Essa homenagem internacional pode ajudar nessa captação fora do País?
Trabalhamos com uma questão bem brasileira, que é a inserção de jovens no mercado de trabalho, e nossa captação vem, em sua maioria, de empresas daqui.

Vai mostrar algo do evento em seu programa na Globo?
Não misturo as estações. Não pode parecer que eu quero ter qualquer vantagem institucional com o projeto no programa.