A semana

Barrada na festa

A Azul vê o dedo de uma grande companhia aérea, com peso no Planalto, por trás do veto à sua participação na comemoração de 7 de setembro, em Brasília. Estava tudo certo para a aeronave Embraer 195, pintada com a bandeira nacional e batizada de “Brasil”, participar do desfile, mas a autorização foi suspensa às 21h30 do dia 6.