A semana

Os carros queimam em Berlim

Os carros queimam em Berlim

Mal se apagou o fogo das reivindicações ­sociais em Londres e outra fogueira já arde na Europa: cerca de 90 carros foram incendiados em Berlim nas duas últimas semanas – de janeiro a agosto já são 364 automóveis queimados. As explicações ainda são difusas. O governo crê, no entanto, que a metade dos incidentes tenha motivações políticas – a Alemanha terá eleições regionais (18 de setembro). O ano mais incendiário no país foi 2009, com 401 carros queimados. Hoje o panorama é mais obscuro: nenhum grupo reivindicou a autoria dos atos.