A semana

O reduzido nascimento de mulheres pode levar países à extinção

O reduzido nascimento de mulheres pode levar países à extinção

O que aconteceria se as mulheres de hoje tivessem menos filhas? E se essas filhas, por sua vez, também tivessem menos filhas?
Em 20 gerações, alguns países veriam nascer suas últimas mulheres e estariam, assim, fadados ao desaparecimento. A informação é da revista britânica “The Economist”. Com dados da ONU ela revelou que Japão, Alemanha e Espanha não chegarão ao próximo milênio se as suas taxas de natalidade não se alterarem: ou seja, se não crescer o número de filhos do gênero feminino, para que essas meninas, quando adultas, gerem filhos. Hong Kong, por exemplo, desapareceria no ano 2798.