A semana

RÁPIDAS

* Na quinta-feira 4, a presidente Dilma Rousseff vai a Salvador lançar o Plano Nacional de Urgência e Emergência na área da Saúde. Aproveita a viagem para anunciar a construção na Bahia de mais 1.500 unidades do programa Minha Casa Minha Vida.
* Violento e prepotente durante a ditadura militar, o coronel Brilhante Ustra mostrou-se covarde na quarta-feira 27. Não teve coragem de comparecer à audiência do processo em que é acusado de comandar sessões de torturas a presos políticos.
* Do colunista Thomas Friedman, do “New York Times”, sobre os ataques do Tea Party às propostas fiscais de Barack Obama: “Eles são a facção Hezbollah da política americana. Vão levar o Partido Republicano a uma missão suicida.”
* Está nas mãos do vice-presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto, a arguição do Conselho Federal da OAB propondo que seja feita ampla auditoria da dívida externa brasileira. Deve entrar na pauta de julgamento em breve.