A semana

Na biografia de José Sarney há um “acidente histórico”

Na biografia de José Sarney há um “acidente histórico”

O que é um fato histórico? O que é um ­acidente histórico? O presidente do Senado, José Sarney, aprendeu por experiência própria a distinção entre eles, mas parece ter se esquecido. Por exemplo: na reinstalação dos painéis de acontecimentos relevantes da República do Brasil no túnel que liga o plenário aos gabinetes dos senadores (o chamado “túnel do tempo”), Sarney deixou de fora as marcantes fotos de 1992 que registram o impeachment do ex-presidente e hoje senador Fernando Collor. “Talvez tenha sido um acidente que não devia ter acontecido”, disse ele. Logo depois, diante da perplexidade geral da Nação que na época pintou a cara e foi às ruas para apear Collor do poder, Sarney voltou atrás e mandou colocar o painel. Na verdade, a diferença entre fato e acidente é outra e Sarney a conhece. O impeachment de Collor foi um fato histórico. Já a morte do presidente eleito Tancredo Neves, em 1985, foi um acidente histórico que levou Sarney ao Planalto.