Medicina & Bem-estar

Viva Bem

Viva Bem

Sem pular na cama!
Com certeza, todo pai e toda mãe já disseram isso várias
vezes a seus filhos. Agora, a ordem é também de pediatras americanos. Eles alertam que as quedas resultantes da brincadeira podem provocar graves machucados, especialmente na cabeça e no pescoço.

Descuido no cinema
Médicos ingleses fizeram uma crítica à indústria do cinema:
boa parte dos filmes com cenas de sexo não faz menção à necessidade do uso de camisinha. Entre os mais “irresponsáveis” estão Instinto selvagem (foto) e 007,
um novo dia para morrer.

Ataque no cérebro
Cientistas americanos constataram que os estragos da Aids no cérebro também são grandes. Usando aparelhos de diagnóstico por imagem, eles constataram que muitos pacientes apresentam perda significativa de neurônios. O mecanismo pelo qual a doença atinge também o cérebro ainda não está totalmente esclarecido, mas os pesquisadores alertam para a necessidade de se prestar mais atenção também a esse dano.

Alívio nos pés
Muitas pacientes com câncer de mama estão encontrando alívio para os incômodos do tratamento na reflexologia. A técnica, baseada na massagem dos pés, tem ajudado a amenizar a ansiedade e a depressão, segundo pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA).
 
 
Fonte natural
Do látex da sangra d’agua, árvore nativa do Sudeste brasileiro, pode nascer um poderoso remédio cicatrizante. Os estudos estão sendo feitos pelo farmacêutico Geraldo da Silva, da Universidade de São Paulo. Em experiências feitas em animais, verificou-se que as cobaias que receberam a taspina (substância ativa presente no látex) tiveram o processo de cicatrização acelerado.
 
 
Peso
Tenho 22 anos, 1,81 m de altura e 51 kg. Estou muito abaixo do peso. O que posso fazer para engordar? Não posso fazer musculação porque tenho dor nas costas.
Ricardo Santos Oliveira
Natal – RN

Realmente, pelo relato que você faz, você se encontra com o peso muito abaixo do ideal. O seu Índice de Massa Corpórea (calcula-se dividindo o peso pela altura ao quadrado) é de 15,57, bem abaixo dos valores da normalidade, que vão de 20 a 25. O seu peso deveria ser entre 65,52 kg e 81,9 kg. Mas é importante ressaltar que essa é uma informação puramente teórica. Para responder de uma forma mais precisa, seria interessante, no mínimo, saber se você sempre teve peso baixo ou se algo desencadeou a perda de peso recentemente. De uma forma geral, para ganhar peso você deveria, principalmente, comer de forma saudável, ou seja, ter uma alimentação equilibrada e balanceada. Isso significa comer de tudo, ingerir alimentos que contenham todos os nutrientes necessários ao organismo, com o intuito de manter a saúde e, eventualmente, atuar também na prevenção de doenças. Outra recomendação geral seria aumentar progressivamente a ingestão desses nutrientes. Considerando as recomendações anteriores, você precisará de uma séria orientação e do cuidadoso acompanhamento de um profissional especializado.
Andrea Bottoni, nutrólogo, Hospital Santa Catarina (SP)