Gente

“Estávamos com medo de ser pegas”

Na pele da personagem Dominika, a inglesa Alicia Seffras (na foto à esq.) passou por tcheca para estrelar no programa "Pânico na TV"

“Estávamos com medo de ser pegas”

GENTE-07-IE-2167.jpg

 

Na pele da personagem Dominika, a inglesa Alicia Seffras (na foto à esq.) passou por tcheca para estrelar no programa “Pânico na TV” uma controvertida campanha de marketing viral de uma marca de cerveja. A armação aplicada ao “Pânico” pela modelo e pela personal trainer Michaela Matejkova, contratadas pela agência We, pegou mal no mercado publicitário. À coluna, Alicia diz que a “diversão” de enganar o consumidor compensou o risco.
Foi fácil se passar por tcheca?
Sim. Em um dos primeiros vídeos eu disse que passei três anos na Inglaterra para o meu sotaque ser mais aceito. E Michaela me ensinou palavras em tcheco. Foi muito engraçado.
Temeram ser descobertas?
No começo estávamos estressadas e com medo de ser pegas. Mas depois relaxamos e curtimos os lugares que visitamos, o carinho das pessoas, a comida deliciosa e todas as surpresas do Brasil. Mas sempre em contato com a equipe da cerveja. Sabíamos exatamente quando o vídeo seria revelado na internet.
Ainda quer encontrar a Sabrina Sato?
Com certeza eu gostaria de ser sua amiga! Espero que ela não tenha ficado brava. Sabrina é linda e foi maravilhosa conosco, tem um senso de humor inacreditável.
Quando voltam ao Brasil?
Voltamos para o lançamento da cerveja planejado para o início de julho. Vamos fazer alguns trabalhos para
a marca. Além disso amamos o Brasil, especialmente as praias e as comidas.