A semana

Cirurgião desmonta crânio defeituoso de bebê e o reconstrói de forma adequada

Cirurgião desmonta crânio defeituoso de bebê e o reconstrói de forma adequada

 É como uma carpintaria em 3D.” A frase é do médico britânico David Johnson, especialista em cirurgias plásticas de reconstrução, e não poderia cair melhor à sua mais recente e revolucionária intervenção. Em meia hora, ele conseguiu desmontar e montar novamente, com novo formato, o crânio de um bebê de um ano de idade, que nascera portador da síndrome de Apert – uma rara condição genética sob a qual a conformação do crânio é disforme. À medida que o cérebro vai crescendo, sua pressão no interior da caixa craniana causa os mais diversos problemas de saúde e de comportamento. “Quando ele nasceu, possuía na cabeça uma protuberância como um chifre de rinoceronte”, diz a família do garotinho. Enquanto Johnson literalmente serrava, martelava e ia unindo de modo diferente as diversas partes do crânio, o bebê permaneceu com o cérebro exposto numa sala cirúrgica com ambiente especial para esse tipo de cirurgia. Após montar a nova caixa craniana, o médico encaixou nela o cérebro.