A semana

Toma lá dá cá

Toma lá dá cá

SENADOR FRANCISCO DORNELLES (PP-RJ), presidente da Comissão da Reforma Política

ISTOÉ – A proposta do voto em lista será aprovada pelo Congresso?
Dornelles – O assunto é polêmico. Na comissão do Senado, foi aprovado por maioria de apenas dois votos. Seria arriscado fazer uma previsão.

ISTOÉ – Mas a própria direção do PT já se manifestou a favor.
Dornelles – Eu pessoalmente sou contra. Defendo o chamado distritão, sistema no qual são eleitos os candidatos, de fato, mais votados.

ISTOÉ – O voto em lista vai passar por referendo popular?
Dornelles – Qualquer mudança no sistema eleitoral tem de ser submetida à consulta popular. Se é o povo quem elege, o povo
tem de ser ouvido.