A semana

O adeus de José Renato Pécora

O adeus de José Renato Pécora

Era para ter sido uma noite como outra qualquer: apresentação seguida de jantar e viagem. Mas, na madrugada da segunda-feira 2, veio-lhe a morte. Faleceu o diretor, ator e dramaturgo José Renato Pécora. Ele estava com 85 anos e teve um infarto quando se preparava para viajar de São Paulo para o Rio de Janeiro.
O teatro brasileiro perdeu um de seus pilares. Pécora oxigenou a arte dramática entre 1950 e 1960 ao fundar o Teatro de Arena, que optava por um espaço cênico central, dando menos importância aos adereços e focalizando o texto. Apesar de excelente ator, destacou-se na direção. Foi sob o seu comando na peça “Eles não Usam Black-Tie (1958)” que a dramaturgia brasileira conheceu a potencialidade de Gianfrancesco Guarnieri. Atualmente, depois de 56 anos, estava atuando na peça “Doze Homens e uma Sentença”.