A semana

Menino de cinco anos paga seu tratamento com desenhos

Menino de cinco anos paga seu tratamento com desenhos

A história começa triste mas se desenha um final feliz. O garoto americano Aidan Reed, 5 anos (foto), tem leucemia. A doença já significava sofrimento para ele e a família, mas a dor de seus pais era agravada pela falta de recursos para arcarem com o tratamento. Consolo, mesmo, só o fato de Aidan conseguir se distrair fazendo o que mais gosta: desenhar. Para pagar o hospital, veio a primeira ideia dos pais: vender a casa onde moram em Kansas City. Na sequência veio a ideia da tia Mandi Ostein: colocar os desenhos à venda na internet com a devida explicação. “Testei um lote de 60 desenhos”, diz ela. Evaporaram. Outros lotes se seguiram, gente de diversos países, inclusive do Brasil, não para de comprar os monstros que Aidan cria. Foi assim que arrecadaram US$ 50 mil. Alívio. E alívio maior ainda está chegando: os médicos asseguram que hoje o menino tem 90% de chances de ser curado.