Em Cartaz

Os fugitivos da Rússia stalinista

Vítimas do regime stalinista nos anos 1940, sete prisioneiros colocam em prática o que parecia impossível

Os fugitivos da Rússia stalinista

Assista ao trailer :

CaminhoLiberdade_site.jpg

 

CARAZ-01-IE.jpg

 

 

 

Vítimas do regime stalinista nos anos 1940, sete prisioneiros colocam em prática o que parecia impossível: fugir de um gulag em pleno inverno e caminhar pela Sibéria em direção ao Tibet, onde estariam a salvo. Esse enredo, conduzido com maestria no filme “Caminho da Liberdade” (em cartaz na sexta-feira 13) nasceu de uma história real e acompanha sem tréguas o sofrimento do grupo de foragidos diante de nevascas, tempestades e falta de água. Ao espectador, que vive a intensidade dos momentos junto dos personagens, só resta torcer por um desfecho feliz. Essa identificação entre público e personagens é obra do diretor australiano Peter Weir, de filmes como “A Testemunha” e “Show de Truman”.

+5 filmes de Peter Weir

CARAZ-02-IE.jpg

 

 

GALLIPOLI
Estreia de Mel Gibson. Conta a história de dois amigos que participam da batalha de Gallipoli, na Primeira Guerra Mundial

O ANO EM QUE VIVEMOS EM PERIGO
O trabalho de um repórter durante a queda do presidente indonésio Sukarno

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS 
Robin Williams é um professor de literatura que entra em choque com seus superiores devido ao seu estilo libertário

A TESTEMUNHA
Um detetive, vivido por Harrison Ford, é obrigado a ficar numa  comunidade hamish após defendê-los de um criminoso

O SHOW DE TRUMAN
Jim Carrey interpreta um vendedor de seguros que, sem saber, é um astro de um  programa de televisão sobre sua vida