A semana

Encontrados pregos que podem ser da cruz de Jesus

Encontrados pregos que podem ser da cruz de Jesus

O documentarista israelense Simcha Jacobovici causa polêmica quando aborda em seus filmes temas que cruzam arqueologia e religião – foi
assim, por exemplo, com o famoso “The Lost Tomb of Jesus” (“A Tumba Perdida de Jesus”). Na semana passada, mais uma vez Jacobovici colocou-se em meio a uma discussão ao exibir pregos encontrados em escavações nas regiões montanhosas de Jerusalém e afirmar que eles foram utilizados na crucificação de Jesus. As peças estavam em um ossuário no qual há a inscrição “Caifás”, nome igual ao do sumo sacerdote de Jerusalém à época em que Cristo viveu. Arqueólogos dizem que “pregos são comuns em tumbas naquela região”. O documentarista contesta: “O nome Caifás é raro e isso faz crer que os restos mortais sejam do sacerdote. Os pregos que estavam em seu ossuário foram retirados da cruz e colados junto ao seu corpo para homenageá-lo.”