Gente

Bruninho blue eyes

Difícil olhar para Bruno Gagliasso e não pensar em galã de tevê

Bruninho blue eyes

GENTE-ABRE-IE-2.jpg

 

Difícil olhar para Bruno Gagliasso  e não pensar em galã de tevê. Mas  o ator carioca de 29 anos gosta de experimentar e encara seu primeiro vilão típico, Timóteo, na novela “Cordel Encantado”, estreante na faixa das seis da Rede Globo. Isso depois de encarnar um gay em “América” (2005) e um esquizofrênico em “Caminho das Índias” (2009). Talentoso, ele entrega histórias deliciosas de sua trajetória na próxima edição de ISTOÉ Gente. Exemplo? Bruno conta que rejeitou de primeira fazer a novelinha “Chiquititas”, que o lançou em 2000. “Chiquititas? Que p… é essa?!”, lembra. Bonitão, já levou cantada de homem e se saiu com um ‘não  é a minha, mas tenho um amigo para te apresentar’. De boa prosa  e olhos muito azuis, não se acha um sedutor, já cometeu a gafe de esquecer a carteira em casa e ver  a namorada pagar a conta no restaurante (pobre da Giovanna  Ewbank, sua mulher…) e, sim,  já falhou na hora H. “E quem  disser que nunca falhou está mentindo”, afirmou. Na infância, foi ‘gordinho’, mas nunca sofreu bullying nem foi perseguido pelos colegas de classe. Ao contrário, era disputado pelas meninas no colégio. Ou seja, desde pequeno,  já dava trabalho para dona Lúcia,  a mãe dessa “figuraça”…