A semana

Angra 3 ameaçada

Com a crise da usina de Fukushima e a vitória do Partido Verde na Alemanha, a construção de Angra 3 corre risco. O Ministério da Economia alemão cobra do Brasil informações sobre os protocolos de segurança da ­usina. Fiscais da Cnen dizem que o projeto, da década 70, é vulnerável a acidentes severos. Se os alemães desistirem do financiamento, o rombo será de R$ 3 bilhões.