A semana

Haddad está firme

Haddad está firme

Ao convidar Fernando Haddad para integrar sua comitiva na viagem a Portugal, a presidente Dilma Rousseff pôs uma pá de cal nos rumores sobre o enfraquecimento do ministro da Educação. Uma semana antes, Haddad pediu audiência com Dilma no Palácio do Planalto, na qual reclamou do crescente noticiário negativo contra sua gestão. Ele levou um calhamaço de recortes e atribuiu as intrigas a integrantes do próprio governo. A presidente recomendou calma e disse que está satisfeita com Haddad. Na visita a Lisboa e Coimbra, que teve a volta antecipada pela morte do ex-vice José Alencar, Dilma e seu ministro afinaram de vez os ponteiros.