Em Cartaz

Um autor redescoberto

Morte e sexo fascinavam o escritor austríaco Arthur Schnitzler, cujos romances são agora publicados pela editora Record numa coleção em homenagem aos 80 anos de sua morte

Um autor redescoberto

chamada-livros.jpg

Morte e sexo fascinavam o escritor austríaco Arthur Schnitzler, cujos romances são agora publicados pela editora Record numa coleção em homenagem aos 80 anos de sua morte. Dois dos 14 títulos previstos já se encontram nas livrarias: “O Médico das Termas” e “O Caminho para a Liberdade”. O primeiro centra-se na vida de um médico egoísta, incapaz de decidir qualquer coisa sozinho. O outro livro, com diversos relatos autobiográficos, é uma obra intensa que desenha a Viena do começo do século XX , já contaminada por ideias antissemitas.

livro-o_caminho_para.jpg  livro-o_medico_da.jpg 

Leia um trecho do primeiro capítulo do livro:

"I.

O navio estava prestes a zarpar. O doutor Grasler, de roupa escura, sobretudo cinzento aberto e fita negra no braço, se encontrava em pé no convés; à sua frente, de  cabeça descoberta, estava o diretor do hotel, cujo cabelo castanho, dividido ao meio e penteado liso, mal se movia apesar do vento brando do litoral.

— Querido doutor — disse o diretor com o tom desdenhoso que lhe era peculiar, e que ao doutor Grasler sempre parecera tão desagradável —, eu repito, nós damos sua volta como certa e fazemos questão de ter o senhor conosco no próximo ano, apesar do infortúnio lamentável que o atingiu enquanto esteve por aqui.

O doutor Grasler nada respondeu, apenas voltou os olhos úmidos para a beira da ilha, onde o prédio imponente do hotel, com as venezianas brancas trancadas devido ao sol, luzia de modo ofuscante; em seguida, seu olhar passeou em frente, sobre as casas amareladas e adormecidas, os  jardins antiquados, que se arrastavam pesadamente estrada acima, sob o calor vaporoso da tarde, até chegar aos restos escassos e remotos do muro que coroava a colina.

— Nossos hospedes — prosseguiu o diretor —, dos quais alguns deverão regressar no próximo ano, aprenderam a estimar o senhor, caro doutor, de modo que esperamos confiantes que a pequena mansão — e ele apontou uma casinha clara e simples nas vizinhanças do hotel —, apesar da triste recordação que encerra para o senhor, volte a abrigá-lo, tanto mais pelo fato de não podermos deixar o numero quarenta e três à sua disposição durante a alta temporada, por motivos que aliás são bastante compreensíveis.

E quando Grasler sacudiu a cabeça, sombrio, para em seguida passar a mão esquerda nos cabelos duros, louros, um tanto grisalhos, depois de tirar o chapéu preto…

— Oh, meu caro doutor, o tempo opera milagres. E se o senhor por acaso teme em demasia ficar só na pequena casa branca, há um meio dos mais eficazes contra isso. Traga consigo, da Alemanha, uma dessas mulheres pequenas e simpáticas."