A semana

Reforma na Casa Civil

 Desde a chegada do ministro Antônio Palocci, a Casa Civil da Presidência da República vem perdendo suas funções executivas. A ideia é transformar por completo o órgão, que passará a se concentrar principalmente na tarefa da articulação política. Além do gerenciamento do PAC, agora na órbita do Planejamento, Palocci transferiu a gestão do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam) para o Ministério da Justiça. E a chamada prefeitura da Casa Civil, que engloba cartões corporativos e gastos dos servidores do Palácio do Planalto, mudou-se para a Secretaria-Geral, do ministro Gilberto Carvalho.