A semana

Produção de filmes pornô paralisada

Produção de filmes pornô paralisada

A pressão para que os produtores de filmes pornográficos da Califórnia passem a utilizar preservativo nos filmes vai aumentar. E com razão. A Vivid Entertainment e a Wicked Pictures, duas empresas do Estado, tiveram que parar suas atividades depois da descoberta de que um de seus atores foi infectado pelo vírus HIV. As informações são do “Los Angeles Times”. A primeira providência tomada foi decretar quarentena para que outros atores que podem ter sido infectados façam exames em uma clínica especializada. Ainda não há prazo para a retomada dos filmes.