A semana

Protesto costurado

Protesto costurado

 Ela costurou a própria boca. Foi essa a reação de uma iraniana quando o governo da Grécia lhe negou asilo político. O medo de voltar ao país é compreensível. Na mesma semana, o Comitê Internacional contra o Apedrejamento denunciou que o filho de Sakineh Mohammadi Ashtiani, a mulher iraniana condenada à morte por apedrejamento, assim como seu advogado, Hutan Kian, e dois jornalistas alemães foram detidos. O governo alemão investiga o caso dos europeus. Em Atenas, fica o apelo com os lábios costurados, seguido de greve de fome.