Medicina & Bem-estar

A dieta da água

Beber dois copos duas horas antes das refeições emagrece, segundo estudo americano

A dieta da água

img.jpg
EFEITO
O líquido aumenta a saciedade

 

A sabedoria popular ensina há séculos que beber água antes das refeições ajuda a emagrecer. Agora, pesquisadores americanos confirmam a crença. Um estudo provou que ingerir aproximadamente meio litro de água – o equivalente a dois copos –, duas horas antes de comer, três vezes ao dia, ajuda, sim, a perder peso.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas colocaram 48 adultos entre 55 e 75 anos numa dieta pouco calórica, mas os dividiram em dois grupos. Só um tomou água antes das refeições. Após três meses, tempo de duração do experimento, todas as pessoas emagreceram, mas as que consumiram a bebida antes do café da manhã, do almoço e do jantar perderam cerca de dois quilos a mais (em média, sete quilos, contra cinco de quem não bebeu). Em­bora tenham escolhido uma faixa etária mais adiantada, os responsáveis pelo estudo acreditam que esse costume possa ajudar pessoas de todas as idades. “Essa ideia popular parecia lógica, mas nunca havia sido realmente investigada”, disse à ISTOÉ a especialista em comida e nutrição Brenda Davy, uma das autoras da pesquisa.
 

A professora da Universidade Virginia Tech afirma que esse efeito emagrecedor pode ser explicado pela sensação de saciedade que a água provoca. “Nossos participantes relataram que se sentiam mais cheios e com menos fome quando começavam a comer. Isso pode ter permitido a eles ingerir menos calorias”, contou.

No entanto, parece haver outras razões para o benefício da dieta da água. O endocrinologista carioca Tércio Rocha explica que a água, especialmente gelada, pode ajudar no emagrecimento por outro caminho que não o da saciedade. Segundo ele, a temperatura fria provoca uma retração vascular no estômago que diminui a sensação de fome. “Outra coisa é que, quando estamos famintos, sentimos até uma dorzinha, provocada pelo ácido clorídrico (um dos componentes do suco gástrico) que vai se acumulando no estômago. A água ‘lava’ esse ácido, diminuindo uma urgência por comida que às vezes nos faz comer demais”, esclarece.

Além disso, sabe-se que a água, quando consumida cerca de meia hora antes das refeições, estimula os mecanismos da digestão, fazendo com que a comida tenha menos tempo para ser absorvida. O médico garante que tomar água pode realmente ser eficaz. “Mas beber mais do que 500 mililitros pode ser um problema porque meio litro já é um volume significativo de líquido no estômago”, ressalta a americana Brenda Davy. Segundo ela, bebidas de baixa caloria, como os refrigerantes light, poderiam ter efeitos semelhantes aos da água. Outros especialistas, no entanto, alertam que bebidas com adoçante podem causar vários tipos de problemas quando ingeridas em excesso. Água, como se sabe, não tem efeitos colaterais.

G_Diesta_Agua.jpg